Nossa Metodologia

Resumo

A metodologia de Coaching da Lambent atualmente está sendo utilizada em mais de 100 treinamentos por ano, em 67 países.

Usada para treinar mais de 12.000 pessoas desde 2001, a metodologia está estruturada e é ditada usando os princípios da Andragogia (princípios da aprendizagem para adultos) que ajudam a atrair a atenção, motivar e transferir conhecimentos e habilidades de forma eficiente aos adultos.

Foi avaliada de maneira independente conforme padrões universitários e em 2010 recebeu o European Quality Award (EQA) entregue pela European Mentoring & Coaching Council (EMCC).

A estrutura e o conteúdo do curso da Lambent foram desenhados para entregar aos estudantes conhecimentos, habilidades e autodesenvolvimento. É ideal para os executivos de negócios de todos os níveis.

 

O método consiste em um esquema integrado pelos seguintes principais modelos de Coaching:

• Coaching ontológico (Fernando Flores, James Flaherty e Julio Ollala)
• Estudos integrais (Ken Wilber)
• Jogo interior e coaching co-ativo (Laura Whitworth ,Timothy Gallwey e Sir John Whitmore)
• Psicologia positiva (Martin Seligman)
• Coaching baseado em evidências (Anthony Grant)
• Programação neurolinguística (John Grinder e Richard Bandler)
• Coaching comportamental (Perry Zeus e Suzanne Skiffington)

O método é adequado para o desenvolvimento de executivos e para que os executivos o usem para desenvolverem outras pessoas.

International Coaching Community

A metodologia de coaching da Lambent é internacional. É utilizada exclusivamente pela ICC, uma das maiores organizações profissionais para coaches do mundo. É uma empresa sem fins lucrativos registrada em Londres, Reino Unido, em 2001. Já treinou mais de 12.000 coaches de 67 países desde 2001 utilizando a metodologia Lambent. Na atualidade, existem 46 treinadores no mundo todo que ministram treinamentos com esta metodologia.

Quadro teórico

A metodologia segue as três tradições de conhecimento fundamentais do Coaching.

a) Psicologia humanista e as obras de Abram Maslow e Carl Rogers.
Os princípios essenciais da Psicologia humanista são:
– As pessoas possuem uma experiência válida de seus próprios valores e metas.
– As pessoas desejam ser a melhor versão de si mesmos.
– Todos somos únicos e valiosos.
– Todos desejam poder escolher e pôr em prática suas decisões.
Estes são princípios básicos de todas as escolas de Coaching.

b) Construtivismo
Este ponto de vista provém da Cibernética e das obras de Heinz von Foerster.
O construtivismo desenvolveu a ideia que nós ajudamos a criar o mundo onde vivemos. Nossa percepção da realidade é tanto um produto de nossa mente como o que está no mundo que nos cerca. Portanto, ao invés de tentar dar uma resposta certa, o Coaching deve descobrir o mundo que o cliente está construindo.

c) Linguística
As pessoas descrevem o mundo e a eles mesmos mediante a linguagem, e a estrutura da linguagem dá forma à sua maneira de pensar e estabelece limites. O Coaching leva em conta que a linguagem utilizada pelo cliente é um indício do modo como pensa sobre seu problema.

A metodologia Lambent é um modelo integrado, com bases teóricas firmes e desenvolvida a partir de vários outros ramos do pensamento:

• Coaching ontológico: o coaching ontológico focaliza a maneira de ser do cliente, a interação dinâmica que acontece entre a linguagem, as emoções e a fisiologia do cliente. Oferece particular ênfase em escutar o cliente, observar seus padrões de linguagem e as emoções expressas na fisiologia. A metodologia Lambent leva em conta todas essas dimensões, já que o cliente é uma pessoa em sua totalidade: mente, coração e espírito. Os princípios de coaching ontológico são tomados principalmente dos trabalhos de James Flaherty, Fernando Flores e Rafael Echeverria.

• Estudos integrais: este campo da psicologia transpessoal de rápido desenvolvimento começou com os trabalhos do filósofo americano, Ken Wilber. O modelo integral utiliza uma série de perspectivas diferentes para obter a compreensão mais cabal possível de uma situação. Focaliza as linhas de desenvolvimento, os estados mentais, os tipos de psicologia e as etapas do desenvolvimento. Utiliza perspectivas interiores e exteriores, individuais e coletivas. As perspectivas são uma parte importante da metodologia Lambent e os estudos integrais oferecem algumas que são muito úteis.

• Jogo interior e coaching co-ativo: a metodologia do jogo interior foi muito importante para o desenvolvimento do Coaching. Criada por Timothy Gallwey, tenta vencer o oponente interior para se tornar a melhor versão de si mesmo. O método foi levado à Europa por Sir John Whitmore. O coaching co-ativo também é um modelo que Laura Whitworth desenvolveu originariamente nos Estados Unidos. Os quatro princípios deste modelo são, por natureza: o cliente é criativo, engenhoso e ‘um todo’ integrado. O Coaching deve focar na vida do cliente em sua totalidade, o cliente estabelece a agenda e a relação de Coaching é uma sociedade. O coaching coativo também dá ênfase especial à intuição do coach como uma ferramenta de coaching.

• Psicologia positiva: esta linha segue as ideias de Abram Maslow sobre a autorrealização. Martin Seligman utilizou e desenvolveu este enfoque nos Estados Unidos. A psicologia positiva concentra-se no bem-estar mental e pesquisa as emoções positivas e o que as pessoas podem fazer para acrescentar estas emoções em sua vida. Considera importantes a esperança e o otimismo como traços do caráter. Esta linha levou à criação de uma escola de Coaching conhecida como “A Felicidade Autêntica”.

• Programação Neurolinguística (PNL): é um sistema de psicologia criado por Richard Bandler e John Grinder nos Estados Unidos na década de 70 e desenvolvido posteriormente por Robert Dilts. A PNL é o estudo da estrutura da experiência subjetiva. Analisou comunicadores destacados para ver como conseguiam esse tipo de resultados. Seu enfoque se reflete no seu nome: ‘neuro’ é a mente, ‘linguística’ se refere à linguagem e ‘programação’ se refere às sequências de ações realizadas para alcançar uma meta. A PNL adota um enfoque pragmático, baseado em modelos de excelência e ensina muitas habilidades e ferramentas importantes usadas no coaching.

• Coaching comportamental: este modelo centra-se no comportamento exterior mais do que nas metas interiores e busca realizar modificações na conduta que sejam sustentáveis e mensuráveis. Aplica-se principalmente em contextos de negócios. A metodologia Lambent reconhece a importância dos resultados mensuráveis para os indivíduos, os equipamentos e as organizações, de modo que o impacto do Coaching possa ser avaliado a partir de diversos aspectos. O Coaching modifica o pensamento e as emoções e isto conduz a mudanças de conduta. O Coaching comportamental foi desenvolvido fundamentalmente por Perry Zeus e Suzanna Skiffington na Austrália.

• A metodologia Lambent também segue os princípios do Coaching baseado em evidências, que se define como ‘o uso inteligente e atento do melhor conhecimento atual integrado com a experiência do praticante na tomada de decisões acerca de como praticar coaching com clientes individuais e no desenho e ensino de programas de treinamento em Coaching’.

Os desenvolvedores da metodologia Lambent, Andrea Lages e Joseph O’Connor, escreveram dois livros sobre o coaching. Seu segundo livro, ‘How Coaching Works’ (Como funciona o Coaching), foi indicado como o Melhor Livro de Negócios do Ano pelo Financial Times em 2007.

Mais de 12.000 coaches em 67 países desde 2001 usam a metodologia Lambent. Na atualidade, existem 46 treinadores no mundo todo que ministram treinamentos com esta metodologia.

Metodologia e estrutura

A metodologia e o desenho Lambent seguem os princípios da aprendizagem em adultos (Andragogia):

• Os adultos são independentes e têm iniciativa própria. Querem ser livres para dirigir sua própria aprendizagem. Os treinadores devem cumprir o papel de facilitadores e guiar os participantes para seu próprio conhecimento mais que proporcionar dados.
• Os adultos necessitam conectar a aprendizagem com seu próprio conhecimento e experiência de vida. Os adultos aprendem melhor quando se aplicam e utilizam as experiências e os conhecimentos relevantes que possuem do tema, e quando as teorias e os conceitos se relacionam com essa experiência.
• Os adultos preocupam-se por alcançar suas metas. Por isso, os treinadores devem mostrar aos participantes como o treinamento os ajudará a obter seus objetivos.
• Os adultos necessitam ver a aprendizagem como algo aplicável a seu trabalho ou a outras de suas responsabilidades para que seja valioso.
• Os adultos são práticos e se concentram nos aspectos de uma lição que é mais útil para seu trabalho.
• Os adultos precisam ser respeitados.
• A aprendizagem dos adultos segue o ciclo de aprendizagem de Kolb que inclui Experiência, Reflexão, Conceitualização e Prova.

A estrutura do curso de coaching da Lambent e o modo como é ditado segue estes importantes princípios. Todos nossos treinadores possuem muita experiência e estão treinados especificamente na metodologia e no enfoque da Lambent.

Coaching executivo

O coaching executivo é uma aplicação muito importante do Coaching. Praticar coaching com os executivos para que tomem decisões melhores, trabalhem melhor com suas equipes e esclareçam suas metas e seus valores é uma ajuda muito importante e pode ocasionar um grande impacto neles, em sua equipe ou no negócio. Este impacto pode ser medido do ponto de vista econômico.

O objetivo da prática de Coaching com executivos é ajudá-los a desenvolver sua liderança autêntica para que possam ser a melhor versão de si mesmos e desenvolver outros líderes na organização.

Existe um equilíbrio entre o enfoque comercial onde os objetivos de Coaching devem estar alinhados com as metas comerciais e da organização, e o enfoque de Coaching que leva em conta o executivo como indivíduo, respeita suas fortalezas e desenvolve seu potencial. A metodologia Lambent está perfeitamente  desenvolvida para fazer isto de uma maneira eficiente e efetiva.

Metodologia premiada

European Quality Award

 

 

Os programas de certificação da ICC utilizam uma metodologia exclusiva em seus treinamentos, criada pela Lambent e premiada com o prestigiado EQA (European Quality Award) em seu primeiro nível. Essa metodologia tem sido usada nos treinamentos para mais de 12.000 pessoas de 67 países desde 2001.

Você quer ser um coach?

Solicite mais informações e entraremos em contato com você em breve.